FlashBackMania Web Radio

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

CULTURA DE ANTIGAMENTE - COMO ERA UMA BALADA NOS ANOS 60

MUNDOESTRANHO-134-52-620



De certa forma, parecida com as atuais: um lugar para curtir, conhecer gente e ouvir música. Mas o ambiente era bem diferente. O rock, que havia estourado nos anos 50, era o principal gênero de música jovem.

No Brasil, a maior influência no som e no comportamento eram programas como Jovem Guarda e Brotos, que lançaram artistas como Roberto Carlos e Ronnie Von. Mesmo diante da difícil realidade da Ditadura Militar, eles ensinavam por que (e como!) valia a pena se divertir.


NA CAÇA AOS BROTINHOS

Não adiantava roupa dos Beatles ou uma cuba libre na mão: beijo só rolava depois de muito namoro.


A MOLECADA DANÇOU

Nas boates, só maiores de 18 podiam entrar. Não que isso exigisse muito controle: os mais novos nem as consideravam uma opção de diversão. Para eles, as festas eram na casa dos amigos, na escola ou no clube, devidamente supervisionadas e encerradas antes da meia-noite.

DROGAS? TÔ FORA (LITERALMENTE)

Assim como hoje em dia, drogas eram ilegais. Poucos baladeiros se arriscavam. Um ou outro mais "moderninho" fumava maconha, mas sempre do lado de fora. Nos EUA, a erva ganhava espaço com o movimento hippie e dava o pontapé inicial na psicodelia.

NEM UMA CASQUINHA

Nada da pegação fácil de hoje em dia! Os casais, geralmente apresentados por amigos em comum, passavam semanas apenas conversando. Só depois rolavam mãos dadas e, talvez, um beijinho. O máximo de contato, em público, era dançar mais juntinho.

DOCINHO, MAS FORTE

Os drinques da época eram a cuba libre (rum com Coca-Cola) e o hi-fi (vodca com refrigerante de laranja). Tinham tudo a ver com a transição do público: misturavam algo adulto (a bebida alcoólica, geralmente duas doses) e algo infantil (o refri, servido até completar o copo).

O AVÔ DO DJ

A pista era animada por bandas ao vivo ou uma vitrola. A figura do DJ ainda não existia, mas, em algum lugar do salão, um discotecário "invisível" cuidava do som. Grande conhecedor de música, ele tentava trocar os discos rapidinho para não perturbar o baile.

A MODA DOS MODERNOS

Os meninos absorveram tudo dos Beatles: do cabelo comprido no corte "cuia" aos terninhos. Calças de bocas largas e paletós despojados também funcionavam. Para as garotas, quem ditava regra era a modelo Twiggy, com maquiagem bem marcada nos olhos. Pernocas de fora (em minissaias ou tubinhos curtos) ganhavam as ruas.


TOP 5 DAS PISTAS

O que bombava na época:

"Twist and Shout", Beatles;




"Datemi un Martello", Rita Pavone;




"Festa de Arromba", Roberto Carlos e Erasmo Carlos;



"Rua Augusta", Ronnie Cord;



"Nem Vem que Não Tem", Wilson Simonal.




Curiosidade:Os discos eram de vinil. A troca exigia habilidade, já que era preciso colocar a agulha da vitrola no ponto exato.



Fonte: Mundo Estranho (Google-3/6), UouTube.


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

SÉRIE DE ANTIGAMENTE - " MULHER MARAVILHA " (WONDER WOMAN) 1941 / 1987 - VOCÊ AINDA LEMBRA?






A Mulher-Maravilha (Wonder Woman) é uma super-heroína de histórias em quadrinhos e desenhos animados da DC Comics. Ela é a princesa de Themyscira (às vezes chamada de Ilha Paraíso), filha da rainha das amazonas, Hipólita. Sua mãe a criou a partir de uma imagem de barro, à qual cinco deusas do Olimpo deram vida e presentearam com superpoderes. Já adulta, foi enviada para o "mundo dos homens" para espalhar uma missão de paz, bem como lutar contra o deus da guerra, Ares. Tornou-se integrante da Liga da Justiça, assim como Superman e Batman. Foi a primeira heroína a ser criada, em 1941, pela DC Comics. Estreou em All Star Comics #8 (Dez. 1941).


PUBLICAÇÃO

Em entrevista datada de 25 de outubro de 1940, conduzida pela sua aluna Olive Byrne (sob o pseudônimo de "Richard Olive") e publicado pela Family Circle com o título de "Não ria dos Quadrinhos", William Moulton Marston descrevia o que viu como o potencial educacional das histórias em quadrinhos (um artigo deu sequência a entrevista e foi publicado dois anos mais tarde em 1942). Este artigo chamou a atenção de Max Gaines, que empregou Marston como consultor educacional da National Periodicals e All-American Publications, duas das companhias que se fundiriam para dar forma a futura CD Comics. Foi nesta época que Marston decidiu criar um novo super-herói.

No início dos anos 1940, a DC Comics era dominada pelos personagens masculinos com superpoderes tais como Lanterna verde, Batman. e o principal deles, Superman. Atribui-se à esposa de Marston, Elizabeth Holloway Marston, a ideia de se criar uma super-heroína:

" William Moulton Marston, um psicólogo já famoso por inventar o poligrafo (precursor mecânico do laço mágico), teve a ideia para um tipo novo do super-herói, um que triunfaria não com punhos ou poderes, mas com amor. "Bom", disse Elizabeth. "Mas faça-lhe uma mulher. "

Marston apresentou a ideia à Max Gaines, co-fundador (junto com Jack Liebowitz) de All-American Publications. Marston desenvolveu a Mulher-Maravilha junto com Elizabeth. Para criar a Mulher-Maravilha, Marston foi inspirado também por Olive Charles Byrne, uma mulher que viveu com ele em situação de poligamia. Para escrever as aventuras em quadrinhos da nova super-heroína, Marston usou o pseudônimo de Charles Moulton, combinando seu nome do meio com o de Olive.

Daí, "a Mulher-Maravilha é a propaganda psicológica para o novo tipo de mulher que deve governar o mundo", Marston escreveu. Embora Gloria Steinem tivesse colocado a Mulher-Maravilha na primeira capa autônoma de Ms em 1972, Marston, escrevendo bem antes, projetou a Mulher-Maravilha como representante de um modelo particular do poder feminino. O Feminismo discute que as mulheres são iguais aos homens e devem ser tratadas como elas são.


OUTROS NOMES

Na versão brasileira, já foi erroneamente traduzida como Super Mulher na editora Orbis e Miss América na época da Editora Ebal, o nome só mudou quando o serie de TV Mulher Maravilha foi exibido no país. Isto é digno de nota, pois a DC Comics já possuía uma heroína chamada Miss America, e também a Marvel. Em Portugal, a Mulher-Maravilha é traduzida como Supermulher, o que também é errôneo. Supermulher é o nome de duas personagens já existentes da DC Comics, sendo uma vilã do Sindicato do Crime, e outra uma heroína que apareceu em duas aventuras de Superman, e deixou de existir após Crise nas Infinitas Terras.


CARACTERÍSITICAS

APARÊNCIA

Basicamente, a Mulher-Maravilha é uma mulher caucasiana de cabelos pretos (os quais já foram curtos, longos, encaracolados e lisos), usando uma tiara dourada com uma estrela, um traje que combina bustiê vermelho com uma águia dourada como símbolo (sendo substituída por um duplo "W" nos anos 1980 até então), short azul com estrelas brancas e botas de cano longo vermelhas. Depois da guerra civil em que sua mãe foi deposta do trono das Amazonas, a Mulher-Maravilha deixou de usar a tiara.

PODERES E HABILIDADES

Os poderes da Mulher-Maravilha são enormes:

Força Física: A Mulher Maravilha é considerada a personagem feminina mais forte das HQs, possuindo ela uma gigantesca força física (comparável à do Superman), fazendo com que ela consiga, com facilidade, erguer toneladas.

Capacidade de voar: A personagem ainda é capaz de voar, podendo, atualmente, chegar a velocidade supersônica.
Agilidade sobrehumana: A Mulher-Maravilha possuí um nível de agilidade extremamente alto, muito acima dos níveis humanos, fazendo com que ela possa pegar uma bala no ar, por exemplo.

É dito que tem a força de Hércules, a sabedoria de Atena, a beleza de Afrodite e a velocidade de Hermes. Na era Pré-Crise, ela tinha apenas o dom de planar (a poucos metros do chão), sendo essa habilidade substituída anos depois pela capacidade de voar propriamente dita (atribuída em versões atuais).

Também é treinada em todas as habilidades de luta armada e desarmada da antiga Grécia. Fala as línguas Themysciriana, Grego moderno e antigo, inglês, português, espanhol, francês, japonês, chinês, alemão, russo, italiano, coreano, hindi, entre outras.

ARMAS E EQUIPAMENTOS

A Mulher-Maravilha, além dos poderes, recebeu dos deuses presentes que ajudam a aumentar suas habilidades: dois braceletes indestrutíveis, que usa para desviar projéteis e raios, uma tiara que pode ser usada como bumerangue e um laço mágico inquebrável que faz com que as pessoas tocadas digam a verdade. O laço também fez o deus Ares enxergar a loucura de seus atos, pois se destruísse todos os humanos, não teria mais adoradores. Em histórias posteriores, escritas por Joe Kelly (o arco "Paraíso Imperfeito", na revista em quadrinhos/banda desenhada da Liga da Justiça) foi explicado que este laço (às vezes apelidado de laço da verdade) é um símbolo da verdade em nosso mundo, cabendo a Mulher-Maravilha, portanto, o papel de guardiã da verdade. A Mulher-Maravilha possuía uma espécie de rádio receptor/emissor de ondas telepáticas, com os quais podia se comunicar com as Amazonas que estavam em Themiscyra.

Na versão original a Mulher-Maravilha possuía um avião invisível feito do metal fictício Amazonium (pois ela não voava), causa de muitas piadas (na revista MAD, por exemplo) e que aos poucos foi sendo retirado das histórias. Mas seu uso destacado no seriado da TV dos anos 1970 e nos desenhos dos Super Amigos, fez com que ele fosse reutilizado algumas vezes nesse período. Com a versão da Mulher-Maravilha de George Perez, foi estabelecido que ela pode voar com seus próprios poderes; o avião foi descartado. Recentemente, o avião foi reintegrado a cronologia, sendo um dote da raça dos aliens lansiranianos.


HISTÓRIA

A Ilha Paraíso era habitada pelas antigas amazonas da mitologia, e não havia homens na ilha. A Mulher-Maravilha veio ao mundo na Ilha Paraíso como uma estátua de menina criada por Hipólita, rainha das amazonas. Tão apaixonada por sua escultura, a rainha pediu aos deuses que dessem vida a figura, e foi atendida (semelhante ao mito grego de Pigmaleão). Recebeu o nome de Diana. Junto com a vida, os deuses também deram várias habilidades a garotinha, que já em tenra idade era forte capaz de arrancar uma árvore a mãos nuas e correr mais que uma gazela.

Quando Diana estava adulta, Steve Trevor, piloto da Força Aérea americana colidiu com seu avião na Ilha Paraíso. A Rainha Hipólita decretou que a amazona que vencesse diversas provas entre elas teria a incumbência de levar Steve de volta aos EUA, e se tornaria uma campeã em nome das amazonas em território americano. Proibida de participar por sua mãe, Diana se disfarçou e ganhou o contesto, que incluía lutas armadas sobre kangoos (espécies de canguru nativos da Ilha Paraíso), competição de corrida, e aparar balas com seus braceletes.

A Mulher-Maravilha adotou a identidade secreta de Diana Prince, uma enfermeira da Força Aérea americana. Era apaixonada por Steve Trevor. Nesta versão ela não voava realmente (planava em correntes de ar) e usava um rádio de ondas telepatias. Na história publicada em Sensation Comics #1, janeiro de 1942, havia uma enfermeira de nome Diana Prince, a qual a Mulher-Maravilha ajudou. Esta Diana aceitou deixar que a super-heroína, que desejava ficar do lado do paciente Steve Trevor, assumisse sua identidade enquanto ela partiu para junto de um soldado namorado seu, que estava na América do Sul. Uma das personagens coadjuvantes de maior sucesso era a gordinha Etta Candy, uma das fãs da Mulher-Maravilha denominadas "Garotas Hollyday" (conforme tradução para o português na revista brasileira "Coleção DC 70 anos #3", da Editora Panini, julho de 2008).

Como oponentes, a Mulher-Maravilha tinha diversos vilões clássicos da Era de Ouro dos Quadrinhos (Maligna - originária de Saturno), Giganta, Mulher-Leopardo, Rainha Clea (da Atlântida), Doutora Veneno, a sacerdotisa Zara), algumas reformuladas na Era de Prata e que continuam aparecendo nas histórias modernas.


SEM PODERES

No ano de 1969, as amazonas alcançaram seu 10.000º ano na Terra, e com isso tinham que se deportar para outra dimensão, a fim de renovar seus poderes. A Mulher-Maravilha recusou-se a acompanhá-las, pois Steve Trevor, seu amado, havia sido culpado de alta traição pelos EUA, e ela queria encontrá-lo e ajudar a limpar seu nome. Como resultado, Diana perdeu seus poderes e pediu afastamento da Liga da Justiça.

Diana abandonou as roupas tradicionais e os óculos, e passou a adotar um novo visual, para chamar a atenção de Steve e fazer com que ele esquecesse a Mulher-Maravilha e passou a usar o nome Diana Prince. Ela, neste estado, estrelou uma série cujo título em português era As aventuras de Diana (publicada na revista brasileira Quem Foi? da Ebal, com algumas histórias reeditadas pela Abril), na qual era um tipo de agente secreto, ajudada por I-Ching, um mestre oriental.

A ausência de poderes durou até 1972, quando Gloria Steinem, a editora real da revista feminista Ms. Magazine (já citada), ofendida pelo fato da maior super-heroína estar sem poderes, a pôs na capa da revista Ms. Magazine #1 com seu traje original. Isto gerou polêmica, e a DC rapidamente, em fevereiro de 1972, restaurou a Mulher-Maravilha com seu traje e poderes clássicos


MORTE

No final de Crise nas Infinitas Terras, a Mulher-Maravilha recebeu uma rajada do Antimonitor, que involuiu seu corpo de modo que retornou no tempo, voltando a ser barro da Ilha Paraíso. Um último tributo a Mulher-Maravilha Pré-Crise foi vista em Legend of Wonder Woman, minissérie escrita por Kurt Busiek, 1986. Nesta saga, as amazonas se reúnem perante Hipólita, que conta uma aventura de Diana que houve antes de sua "morte". Ao final, a deusa Afrodite aparece, e diz que estava usando seu poder para manter esta versão Pré-Crise da Ilha Paraíso e suas habitantes a parte das mudanças causadas pela Crise nas Infinitas Terras; Hipólita diz que não deseja isso. Afrodite então atende seu pedido, eliminando os escudos místicos sobre a ilha. A ilha e as amazonas pré-crise começam a se dissolver, como se nunca tivessem existido. Como um último suplício, Afrodite as transforma em estrelas. Todas as memórias e existência desta versão da Ilha-Paraíso, assim como a Mulher-Maravilha do Pré-Crise, deixam de existir…


PÓS-CRISE

A primeira aparição de Mulher-Maravilha, na cronologia DC pós-crise, é Wonder Woman vol. 2, #1 (Fev. 1987). Como super-heroína atuando com os outros heróis, ela apareceu na minissérie Lendas.

De acordo com a última redefinição da cronologia da Mulher-Maravilha feita por George Perez após a Crise nas Infinitas Terras, Hipólita e o restante das amazonas seriam a reencarnação de mulheres que ao longo da história morreram como resultado do ódio e da incompreensão dos homens. No caso, Hipólita foi a primeira mulher morta por um homem; a Princesa Diana (A Mulher-Maravilha) era a encarnação da filha não nascida desta mulher. Antes de serem exiladas na Ilha Paraíso, as Amazonas viveram na Grécia, de onde foram banidas após um conflito com Herácles (Hércules) e seus exércitos. Mulher-Maravilha só teria vindo ao mundo dos homens após Crise, o que também causou dela não ter participado da fundação da Liga da Justiça. Atualmente ela também não possui identidade secreta. A Mulher-Maravilha ganhou de Gaia, a Deusa Terra, o poder da telepatia e também o poder dos braceletes, que ao serem tocados soltam rajadas cósmicas capazes de ferir super-seres, além, é claro, de nenhum telepata conseguir invadir sua mente, graças à tiara. Etta Candy se casaria com o já idoso Steve Trevor, reintroduzido nas aventuras atuais.


OUTRAS VERSÕES

Mulher-Maravilha da Terra 2

OS NOVOS 52

Em 2011, a DC Comics anunciou a reformulação de 52 de seus maiores personagens, inclusive da Mulher Maravilha. Sem nenhuma ligação com Batman, nem com qualquer outro personagem da DC, Mulher Maravilha aparece ainda mais profundada na mitologia grega revelando ainda mais segredos.

Na oitava edição da publicação, a personagem passa a utilizar armas de fogo e armadura


INIMIGOS

Mulher-leopardo
Giganta
Ares
Corporação Vilania
Morgana Le Fay (DC Comics)
Super-mulher
Cice (DC Comics)
Cyborgirl
Felix Fausto


OUTRAS MÍDIAS

SÉRIE DE TELEVISÃO

Na década de 1970 a personagem foi interpretada por Lynda Carter em uma série de televisão exibida pelo canal CBS nos Estados Unidos. Pela sua beleza e plástica, Adrianne Palicki, foi recentemente escolhida (fev/2011) para ser a protagonista da nova série Mulher Maravilha pela NBC

FILME ANIMADO

Em março de 2009 foi lançado um longa de animação baseado na personagem.

FILME

Em 2007 a Warner Bros teve a idéia de fazer um filme da Mulher Maravilha. Em 04 de Dezembro de 2013, foi confirmado que a atriz Gal Gadot irá interpretar a heroína na continuação de O Homem de Aço, Batman vs. Superman, ao lado de Henry Cavill como Superman e Ben Affleck como Batman, com estreia prevista para 2015.

JOGOS ELETRÔNICOS

A Mulher-Maravilha já apareceu em 3 jogos eletrônicos: um exclusivo da DC Comics, "Justice League", em que certas vezes atua com Zatanna e Superman e sendo uma das principais personagens a ter participação na história. Já o outro é "Mortal Kombat vs DC Universe", onde aparece no enredo da história. Ela está na sua ilha, quando esta começa a se fundir com a Ilha do Mago Shang Tsung [do Mortal Kombat]. Ela não deseja lutar, mas o mago diz que a ilha é sua. Após travarem um combate, Batman contacta Diana, dizendo que a Terra está em constante estado de fusão com outro universo. Linhas amarelas brilhantes separam os dois universos.

Diana tem a missão de procurar e achar Superman, que desapareceu após a derrota de Darkseid. Ela procura na Metrópole, quando a Princesa Kitana [Mortal Kombat] aparece e diz que o mundo está rumo ao apocalipse. Após uma luta, Kitana foge e Mulher-Maravilha acha Superman. Ele estava congelado pelo Ninja Lin-Kuei Sub-Zero [Mortal Kombat]. Diana luta com Sub-Zero e salva Superman. Ela pergunta quem está atrás dessa invasão, então o guerreiro responde que os invasores são eles.

Apos conversar com Sub-Zero e prendê-lo, Diana é informada que a Base da Liga está em crise, e o Capitão Marvel está enlouquecido (chamada "Rage"). Todos os personagens, Mortal Kombat e DC, sofrem de uma enxaqueca, resultado da fusão de 2 mundos. Isso ocorre pois, Shao Khan (Mortal Kombat) e Darkseid unem forças, causando assim uma enorme confusão. O Capitão Marvel não consegue se controlar e acaba atacando Lanterna Verde. Após lutar com ele, Diana vê que ele fala que a "Raiva" irá consumí-lo e clama por ajuda. Junto com Sonya Blade Mortal Kombat, foi a única mulher do jogo a ter um capítulo inteiro para si no modo Story.

Após isso, Mulher-Maravilha aparece no jogo exclusivo de PS3, ""DC Universe Online"" onde o jogador pode escolher entre Diana para ser sua tutora. Agora, em 2013, a NetherRealm Studios juntamente com a Warner Bros Ltda., lança o jogo Injustice: Gods Among Us, em que a Mulher-Maravilha foi uma das primeiras personagens a serem confirmadas. Diana troca o short por uma longa calça azul, impondo assim respeito e deixando de ser uma espécie de "ícone sensual" do jogo. Além dos objetos já citados, ela agora usa um escudo, fazendo o jogador ter escolha sobre como prefere lutar usando ela.


CURIOSIDADES

O distribuidor de revistas norte-americano Todd McDevitt pediu Maribeth Castelli em casamento por meio de uma história da Mulher-Maravilha. Ele procurou o editor-chefe da DC Comics, Paul Levitz, e lhe perguntou se seria possível publicar a proposta. Levitz levou a ideia para o editor da revista, que acabou topando. O pedido apareceu na página 20 da publicação número 179 e foi elaborado por Phil Jimenez com base em fotos do casal.
Em Luzes, Drama, Ação no episódio 17 Lindsay relembra a Mulher Maravilha de antigamente com o seu avião invisível.


VEJA ALGUNS CLIPES











IMAGENS




















Fonte: YouTube, Wikipédia.



segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Sexual Healing [extended By DJ J] - MARVIN GAYE





Marvin Gaye (Washington, 2 de abril de 1939 - Los Angeles, 1 de abril de 1984), nascido Marvin Pentz Gay, Jr., foi um cantor popular de soul e R&B, arranjador, multi-instrumentista, compositor e produtor. Ganhou fama internacional durante os anos 60 e 70 como um artista da gravadora Motown.

O início da carreira do cantor foi em 1961, na Motown, onde Gaye rapidamente se tornaria o principal cantor da gravadora e emplacaria numerosos sucessos durante os anos sessenta, entre eles "Stubborn Kind of Fellow", "How Sweet It Is (To Be Loved By You)", "I Heard It Through the Grapevine" e vários duetos com Tammi Terrell, incluindo "Ain't No Mountain High Enough" e "You're All I Need to Get By", antes de mudar sua própria forma de se expressar musicalmente. Gaye é importante por sua luta por produzir seus sucessos, mas criativamente restritivo - no processo de gravação da Motown, intérpretes, compositores e produtores eram geralmente mantidos em áreas separadas.

Com seu bem-sucedido álbum What's Going On, de 1971, e outros lançamentos subsequentes - includindo Trouble Man, de 1972, e Let's Get It On, de 1973, Gaye, que vez ou outra compunha canções para artistas da Motown no início da sua carreira, provou também que poderia tanto escrever quanto produzir seus próprios discos sem ter de confiar no sistema da Motown. Ele é também conhecido por seu ambientalismo, talvez mais evidente na canção "Mercy Mercy Me (The Ecology)".

Durante os anos 70, Gaye lançaria outros notáveis álbuns, includindo Let's Get It On e I Want You, além de ter emplacado vários sucessos, como "Let's Get It On" e"Got to Give It Up". Já no começo dos anos 80, seria a vez do hit "Sexual Healing", que lhe rendeu - antes de sua morte - dois prêmios Grammy. Até o momento de ser assassinado pelo seu pai, em 1984, Gaye tinha se tornado um dos mais influentes artistas da cena soul. Em 1996, Gaye foi homenageado na 38º cerimônia do Grammy Awards.

A carreira de Marvin tem sido descrita como uma das que "abarcam toda a história do R&B, do doo-wop dos anos cinquenta ao soul contemporâneo dos anos oitenta."Críticos têm também afirmado que a produção musical de Gaye "significou o desenvolvimento da black music a partir do rhythm'n blues, através de um sofisticado soul de consciência política nos anos setenta e de uma abordagem maior em assuntos de cunho pessoal e sexual.



Ooh, baby let's get down tonight
Baby I'm hot just like an oven
I need some lovin'
And baby, I can't hold it much longer
It's getting stronger and stronger
And when I get that feeling
I want Sexual Healing
Sexual Healing, baby
Makes me feel so fine
Helps to relieve my mind

Sexual Healing baby, is good for me
Sexual Healing is something that's good for me
Whenever blue tear drops are falling
And my emotional stability is leaving me
There is something I can do
I can get on the telephone and call you my baby, and
Honey I know you'll be there to relieve me
The love you give to me will free me
If you don't know the things you're dealing
I can tell you, darling, that it's Sexual Healing

Get up, Get up, Get up, Get up, let's make love tonight
Wake up, Wake up, Wake up, Wake up, 'cos you do it right
Baby I got sick this morning
A sea was storming inside of me
Baby I think I'm capsizing
The waves are rising and rising
And when I get that feeling
I want Sexual Healing

Sexual Healing is good for me
Makes me feel so fine, it's such a rush
Helps to relieve the mind, and it's good for us
Sexual Healing, baby, is good for me
Sexual Healing is something that's good for me
And it's good for me and it's good to me

My baby ohhh
Come take control, just grab a hold
Of my body and mind
soon we'll be making it
Honey, oh we're feeling fine
You're my medicine open up and let me in
Darling, you're so great
I can't wait for you to operate
Get up get up get up get up
let´s make love tonight
wake up wake up wake up wake up
cause you do it right


TRADUÇÃO

"Sexo Como Cura"


Baby, vamos em frente essa noite?
Baby, estou pegando fogo
Preciso de um pouco de amor
E baby, não consigo esperar muito mais
Está ficando cada vez mais forte
E quando me sinto assim
Eu quero que o sexo me cure
Cura sexual, baby
Faz eu me sentir bem
Me ajuda a aliviar a minha mente

Cura sexual baby, é bom para mim
Cura sexual é algo que é bom para mim
Sempre que lágrimas de tristeza estejam caindo
e que minha estabilidade emocional esteja acabando
Tem algo que eu possa fazer
Eu posso pegar o telefone e te ligar baby
E querida, eu sei que você estará lá pra me salvar
O amor que você me dá vai me libertar
Se você não sabe com o que está lidando
Eu posso te dizer, querida, é com o sexo como cura

Levante-se, levante-se... vamos fazer amor essa noite
Acorde, acorde, acorde, porque voce faz direito
Baby, fiquei mal hoje de manhã
Tinha uma tempestade dentro de mim
Baby, sinto que estou capotando
As ondas estão aumentando cada vez mais
E quando me sinto assim
Eu quero que o sexo me cure

Essa cura sexual é boa pra mim
Faz com que eu me sinta bem, é tão rápido
Ajuda a aliviar a mente, e é bom pra gente
Cura sexual baby, é bom para mim
Cura sexual é algo que é bom para mim
E é bom para mim e é bom pra mim

Minha baby
Venha assumir o controle, tome posse
do meu corpo e da minha mente
Logo estaremos fazendo isso
Honey, oh estamos nos sentindo bem
Você é o meu remédio, abra a embalagem e me deixe entrar
Querida, você é demais
Mal posso esperar pra te ver em ação
Levante-se, levante-se, levante-se
Vamos fazer amor hoje a noite
Acorde, acorde, acorde,
Porque você faz direito



Fonte: YouTube, Wikipédia, Letras.mus.br.

Trouble [extended by DJ J] 1981 - LINDSEY BUCKINGHAM





Lindsey Adams Buckingham (Palo Alto, 3 de outubro de 1949) é um cantor, compositor, guitarrrista e produtor musical americano, mais conhecido por ser um membro do grupo musical Fleetwood Mac. Além de seu período com a banda, Buckingham também lançou cinco álbuns solo e um álbum ao vivo. Como membro do Fleetwood Mac, ele foi inserido no Hall da Fama do Rock and Roll em 1998. Foi considerado o 100º melhor guitarrista de todos os tempos pela revista norte-americana Rolling Stone.





Gostou do som, clique aqui!!! Like the sound, click here !!!


VEJA O CLIPE






LETRA

Trouble

I really should be saying goodnight
I really shouldn't stay anymore
It's been so long since I held ya
I've forgotten what love is for
I should run
On the double

I think I'm in trouble
I think I'm in trouble
I think I'm in trouble

So come to me darlin' and hold me
Let your honey keep you warm
Been so long since I held ya
I've forgotten what love is for
I should run
On the double

I think I'm in trouble
I think I'm in trouble
I think I'm in trouble
I think I'm in trouble

instrumental

I should run
On the double

I think I'm in trouble
I think I'm in trouble
I think I'm in trouble
I think I'm in trouble



TRADUÇÃO

"Apuros"

Eu realmente deveria estar dizendo boa noite
Eu realmente não devo ficar mais
Tem sido assim por muito tempo desde que eu já realizei
Eu tenha esquecido o que é o amor
Eu deveria correr
Quanto à dupla

Acho que estou em apuros
Acho que estou em apuros
Acho que estou em apuros

Então veio a mim querido e mantenha-me
Deixe seu mel mantê-lo quente
Sido tão longo desde que eu já realizada
Eu tenha esquecido o que é o amor de
Eu deveria correr
Quanto à dupla

Acho que estou em apuros
Acho que estou em apuros
Acho que estou em apuros
Acho que estou em apuros

instrumental

Eu deveria correr
Quanto à dupla

Acho que estou em apuros
Acho que estou em apuros
Acho que estou em apuros
Acho que estou em apuros



Fonte: YouTube, Wikipédia, Vagalume.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

IMAGENS DE ANTIGAMENTE : ANOS 80 e 90



Foto: Lançado no final dos anos 80 o chiclete Band Aid Ouch Bubble Gum fez sucesso com a criançada. Quem se lembra? Ele era delicioso e a embalagem tinha um formato de uma caixinha “supimpa” pra gente guardar as bugigangas. #quesaudade     :3



Lançado no final dos anos 80 o chiclete Band Aid Ouch Bubble Gum fez sucesso com a criançada. Quem se lembra? Ele era delicioso e a embalagem tinha um formato de uma caixinha “supimpa” pra gente guardar as bugigangas.


Foto: Algumas lembranças da Coca-Cola anos 80. Lembram das mini garrafas? Quem nunca colecionou? Clássico!


Algumas lembranças da Coca-Cola anos 80. Lembram das mini garrafas? Quem nunca colecionou? Clássico!


Foto: FITA K7 - MAMONAS ASSASSINAS

Quem não teve?


FITA K7 - MAMONAS ASSASSINAS


Foto: BORRACHAS DISNEY

"Não apagavam, só borravam! " Esse era o lema das borrachas fabricadas pela Faber Castell no final dos anos 80. Eram lindas e colecionáveis com caricaturas de todos os personagens de sucesso da época (Mickey, Minnie, Pluto, Pateta e Pato Donald). Infelizmente sua funcionalidade não era apagar, e sim borrar todo o caderno daquele que ousava "tentar", mas eram irresistíveis e estavam presentes em quase todos os estojos da criançada. Quem se lembra?


"Não apagavam, só borravam! " Esse era o lema das borrachas fabricadas pela Faber Castell no final dos anos 80. Eram lindas e colecionáveis com caricaturas de todos os personagens de sucesso da época (Mickey, Minnie, Pluto, Pateta e Pato Donald). Infelizmente sua funcionalidade não era apagar, e sim borrar todo o caderno daquele que ousava "tentar", mas eram irresistíveis e estavam presentes em quase todos os estojos da criançada. Quem se lembra?


Foto: CREME DE ESPINAFRE POPEYE - KNORR

Quem lembra desse? A maioria não recorda dele com tanto "amor", tinha um gosto estranho, e no pacote vinham algumas bolachas extras para jogar no meio da "gororoba"....


Quem lembra desse? A maioria não recorda dele com tanto "amor", tinha um gosto estranho, e no pacote vinham algumas bolachas extras para jogar no meio da "gororoba"....


Foto: CHOCOLATE EM BARRA NESQUIK 

Quem não se lembra do delicioso chocolate Nesquik lançado pela Nestlé no final dos anos 80? Ele derretia na boca,  e sua composição era rica em leite.Além disso, era bicolor (preto por fora e branco por dentro) com vários desenhos de coelhinhos espalhados por toda barra.  Infelizmente a iguaria não durou muito tempo nas prateleiras, mas deixou saudade em quem pode provar.


Quem não se lembra do delicioso chocolate Nesquik lançado pela Nestlé no final dos anos 80? Ele derretia na boca, e sua composição era rica em leite.Além disso, era bicolor (preto por fora e branco por dentro) com vários desenhos de coelhinhos espalhados por toda barra. Infelizmente a iguaria não durou muito tempo nas prateleiras, mas deixou saudade em quem pode provar.


Foto: ESTALINHOS / BIRIBINHAS 

Quem não se lembra dos barulhentos estalinhos adorados  pelas crianças na década de 80? Também conhecidos como "biribinha" os mini-fogos infantis fizeram sucesso com os pequenos. Era ótimo para assustar, tacar no chão, na parede, além de ser super baratinho..Tinham o tamanho de uma ervilha, e vinham embrulhado em papel fino, branco ou colorido, com um rabinho retorcido, por onde geralmente pegavamos para atirá-lo. quem não adorava?


Quem não se lembra dos barulhentos estalinhos adorados pelas crianças na década de 80? Também conhecidos como "biribinha" os mini-fogos infantis fizeram sucesso com os pequenos. Era ótimo para assustar, tacar no chão, na parede, além de ser super baratinho..Tinham o tamanho de uma ervilha, e vinham embrulhado em papel fino, branco ou colorido, com um rabinho retorcido, por onde geralmente pegavamos para atirá-lo. quem não adorava?


Foto: O FUTURO ENGENHEIRO

Clássico inesquecível lançado em "1960" pela empresa COLUNA e relançado nos anos 80 pela ESTRELA sob o nome de Futuro Arquiteto e Pequeno Construtor. 
As caixas apresentavam tamanhos diferentes e proporcionalmente um certo número de pecinhas, contendo paredes, pontes, telhados.... Era divertidíssimo e dava pra passar horas criando e recriando. Quem não amava perder todo tempo do mundo brincando de engenheiro? 

Gosta de ter boas lembranças?
Curta a nossa Fan Page:
http://www.facebook.com/anos80emimagem


Clássico inesquecível lançado em "1960" pela empresa COLUNA e relançado nos anos 80 pela ESTRELA sob o nome de Futuro Arquiteto e Pequeno Construtor.
As caixas apresentavam tamanhos diferentes e proporcionalmente um certo número de pecinhas, contendo paredes, pontes, telhados.... Era divertidíssimo e dava pra passar horas criando e recriando. Quem não amava perder todo tempo do mundo brincando de engenheiro?



Foto: PIRULITOS GALO DOCE

Quem nunca experimentou essa iguaria que atire a primeira pedra! Eles eram um "tanto" enjoativos, mas ninguém sossegava enquanto não via o seu fim. 
E AI , QUAL ERA SEU FORMATO PREDILETO?


Quem nunca experimentou essa iguaria que atire a primeira pedra! Eles eram um "tanto" enjoativos, mas ninguém sossegava enquanto não via o seu fim.
E AI , QUAL ERA SEU FORMATO PREDILETO?



Foto: ADMITA: "ESSE ESTOJO JÁ FOI O SEU SONHO DE CONSUMO".


ADMITA: "ESSE ESTOJO JÁ FOI O SEU SONHO DE CONSUMO".


como-fazer-um-quarto-para-revelar-fotos-1


Quem se lembra da época que tínhamos que esperar horas para revelar nossas fotografias? Pois bem, agora você faz em questão de segundos.


Saiba-Como-Solicitar-um-Telefone-Público


Nem sei quando foi a última vez que usei um telefone público e você? Com o uso do celular, acredito que eles não têm mais muita utilidade.


video-cassete-sharp-vc-1799-stereo-hi-fi-6-head_MLB-F-3403966904_112012


Lê-se “videocassete” para quem não conhece xD. A VHS, como era chamada a fita, dava um trabalho enorme: tinha de ser rebobinada antes de devolver à locadora, tinha de se ajustar o tracking para se ter uma imagem melhor… Hoje, para voltar ao começo de um DVD, basta fechá-lo ou terminar o filme, e a qualidade ainda independe da fita. Ainda existem alguns desses aparelhos por aí, mas com certeza já foram deixados lá no passado.


3413_Ampliada


Hoje não precisamos mais, mas já imaginou andar pela rua com um aparelho de som que era do tamanho do seu tórax? Pois bem, essa era a moda nos anos 1980. O que temos atualmente são aparelhos bem menores que possuem um som – não sei se tão alto – mas que é de muita melhor qualidade. Podemos até comparar o pessoal que os usava com os “funkeiros” que andam sem fone por aí…


15inch_Normal_Crt_Monitor



Ainda existem alguns sendo usados por aí, mas agora a maioria é plano e fino, como os que temos em casa. Para quem não os conhece, imaginem um monitor ou uma televisão que tenha a tela e mais uns 25 cm de equipamentos atrás dela, tudo isso para gerar uma imagem com uma qualidade não tão boa quanto o de um LCD.


ms-dos-logo


Quem aí já ouvir no DOS? Esse era um sistema operacional que vinha junto dos primeiros computadores, existiam vários tipos, e servia para acessar programas e tudo o mais antes do Microsoft Windows surgir, era como o Windows Explorer do computador, mas em uma tela branca em que você tinha de digitar para entrar em um programa ou jogo.


telefone-antigo-verde



Sem dúvida você encontrará um na casa de seus avós. Pense em um telefone grande com um disco no meio. Um fato interessante é que o termo discar vem justamente desse tipo de telefone.



typewriter


Antes da digitação, havia a datilografia. Eram aquelas máquinas grandes que precisávamos colocar um papel e voltar o rolo para o começo quando chegássemos ao final de um parágrafo. Existia até um curso e uma profissão para isso. O datilografo não podia errar uma letra do documento ou senão o papel era perdido, além disso, eles eram muito rápidos no que faziam. Hoje, esse cargo não mais é útil, todo mundo sabe digitar. Sabiam que o disposição das letras no teclado deriva da maquina de escrever?


12


Na época onde videogame não era algo muito comum, o futebol virtual da galera o jogado com os famosos botões, que se tornaram uma grande mania nacional na década de 90.

O jogo possuía diversas modalidades, que variavam de estado para estado, sendo as mais famosas:

- Modalidade bola 12 toques, conhecida como regra Paulista;

- Modalidade Bola 3 Toques, conhecida como Bola 3 Toques;

- Modalidade Disco, conhecida como regra Baiana.

Além de várias regras, também existiam os mais diversos tipos de botão, que iam desde vidro até plástico. Alguns vinham com adesivos que eram estampados com os escudos de clubes famosos ou mesmo com os rostos dos jogadores.

Infelizmente com o videogame o futebol de botão acabou perdendo bastante espaço e é pouco visto hoje em dia, porém ainda existem campeonatos espalhados por todo o país.



ClothingMsFurby1a




Criado em 1998 por Dave Hampton, o Furby era um robozinho que tinha como objetivo original substituir o Tamagotchs, dando aos bichinhos virtuais uma vida fora da tela.

E assim como seus concorrentes virtuais, os Furbys possuíam um ciclo de vida e precisavam receber cuidados do seu dono, caso contrário eles poderiam ficar muito doentes. Com o passar do tempo, podia-se notar uma evolução no bonequinho, que começava a falar novas palavras (em inglês). Além disso, ele era capaz de sentir cocegas, diferenciar o dia da noite (claro e escuro na verdade) e também notar a presença de outro Furby por perto, tudo isso era feito através de sensores que vinham dentro dele.

Devido a essas características tecnológicas, bastante surpreendentes para época, os bonequinhos tornaram-se um sucesso mundial vendendo mais de 40 milhões de unidades.



1


Lançado nos anos 80, os ioiôs da Coca tornaram uma mania enorme entre os jovens da época, todo mundo na escola tinha o seu e a hora do recreio era hora de jogar ioiôs com os amigos, cada um tentando fazer uma manobra mais legal que a outra.


17


O Ultrabook mais barato do brasil! Em 12x de R$ 65,67O tempo passa tão depressa que muitas vezes não nos damos conta de quanta coisa já vivenciamos. São milhares de experiências, lições de vida e aprendizados que ficaram adormecidas dentro de nós.

Contudo, basta uma pequena imagem, um som, um sabor ou até mesmo um cheiro peculiar para nos levar de volta a um tempo já vivido, saudoso… simplesmente incomparável!



01


02


03


04


ESSE EU FIZ, A GENTE FAZIA OS BURACOS NAS EXTREMIDADES DA LATA DE LEITE NINHO, FURAVA COM PREGO E MARTELO COLOCAVA O BARBANTE , EM SEGUIDA ENCHIA DE AREIA DENTRO DA LATA E FECHAVA A TAMPA , PRONTO ESTAVA PRESTES A BRINCAR COM O ROLO COMPRENSOR QUE ARRUMAVA AS ESTRADINHAS ETC ETC….


06


08


09


10


11


APARELHO DE SOM DA GRADIENTE QUEM TINHA ERA SÓ OS RICOS HE HE HE !!!!!


13


14


PRODUTOS DE PERFUMES DOS ANOS 80


16


18


ESSE RELÓGIO DE CALCULADORA ANOS 80 ERA DA HORA, UM COMPUTADOR EM SEUS PULSOS DOS ANOS 80


19


21


25


26


34


37


38


39


TER UM REVOLVER DE BRINQUEDO DOS ANOS 80 QUE TINHA QUE SER CARREGADO COM ESPOLETA ERA SINAL DE SONHO REALIZADO E MUITOS SUSTOS E BRICADEIRAS DE FAROESTE!


42


15




O tempo passa tão depressa que muitas vezes não nos damos conta de quanta coisa já vivenciamos. São milhares de experiências, lições de vida e aprendizados que ficaram adormecidas dentro de nós.

Contudo, basta uma pequena imagem, um som, um sabor ou até mesmo um cheiro peculiar para nos levar de volta a um tempo já vivido, saudoso… simplesmente incomparável!



01


02


04


06


07


08


10


11




14


16


17


18


19


21


05


21


O tempo passa tão depressa que muitas vezes não nos damos conta de quanta coisa já vivenciamos. São milhares de experiências, lições de vida e aprendizados que ficaram adormecidas dentro de nós.

Contudo, basta uma pequena imagem, um som, um sabor ou até mesmo um cheiro peculiar para nos levar de volta a um tempo já vivido, saudoso… simplesmente incomparável!



03


04


06


08


10


15


16


17


18


20


28


30


31


24


36


40


38


08


01


02


03


05


06


07


09


10


12


15


16


18


19


22


23


Ganhe camisetas toda semana! Ajudará com o plantio de árvores nativas Muitas são as lembranças de quem teve a oportunidade de viver nos anos 80. Filmes, brinquedos, desenhos, dentre tantas coisas nos fazem relembrar os velhos tempos, onde as preocupações eram outras, onde muitas coisas pareciam ser mais fáceis.

A vida é feita de momentos, e sempre vale a pena relembrar o que de melhor vivemos, mesmo hoje parecendo tão sem graça, nos divertiu muito, tornando a vida mais agradável.

Confira esta galeria de fotos e relembre um pouco do melhor dos anos 80.
















































































FONTES:
http://videoanos80.wordpress.com/imagens-e-constumes-que-vc-fazia-e-ja-nao-lembra-mais/
https://pt-br.facebook.com/anos80emimagem
Google - pg. 01